Próximos Eventos

1
7
2
4
6
?1468001446
5
3

Domingo no Museu

Leva para o palco do Museu de Arte da Pampulha grandes nomes da música mineira e brasileira, como Paulo César Pinheiro, Sérgio Santos, Vânia Bastos, Teresa Cristina, Fabiana Cozza, Juarez Moreira, entre outros, mesclando MPB, samba e a musica instrumental. O Projeto acontece sempre no primeiro domingo do mês, às 11h00, no auditório do MAP com ingressos a preços populares.

Projeto Domingo no Museu apresenta Luana Carvalho 06/08/2017

181

 

Luana Carvalho em show inédito em BH

Do samba à bachata, a cantora navegará por águas marítimas na série Domingo no Museu

Às margens da Lagoa da Pampulha, Luana Carvalho vai navegar pelo universo marítimo no show inédito e homônimo em Belo Horizonte, dia 6 de agosto, às 11h, no Museu de Arte da Pampulha (MAP). A apresentação faz parte da programação da série de shows Domingo no Museu, realizada pela Veredas Produções.

Acompanhada por Alberto Continentino (contrabaixo), Domenico Lancellotti (bateria e mpc), Pedro Sá (guitarra) e seu violão, Luana Carvalho cantará uma atmosfera oceânica, com canções autorais e versões de Caetano Veloso, Dona Ivone Lara, Chavela Vargas, Pedro Luís, Djavan, Arlindo Cruz e Gilberto Gil.

A artista, que vive entre Rio de Janeiro e Lisboa, é também diretora da Casa Cais, criada para discutir a língua portuguesa e seus formatos, com a participação de escritores, músicos e acadêmicos. Aqui está a explicação para os poemas de Ana Paula Tavares, de Angola, e Conceição Lima, de São Tome e Príncipe em algumas de suas músicas. “Um observatório transatlântico é o que se quer: garrafas jogadas ao mar. Sul é vento no branco, o sopro à vela do barco, o porto, o mar revolto pra onde ele ruma, pra onde ruma minha impossível existência. Vem comigo mas em branco. Vem comigo remo a sul”.

A trajetória artística de Luana Carvalho, filha da sambista Beth Carvalho, começou cedo. Aos 17 anos, participou da quarta temporada de “Malhação”, na Globo. No canal, fez ainda três novelas e alguns personagens no cinema. Hoje, com 35 anos, ela confirma que sua verdadeira paixão é a música e a literatura, onde se envereda e se dedica.

 

A série Domingo no Museu

Tradicional no cenário cultural de Belo Horizonte e do estado, o Projeto Domingo no Museu apresenta ao público ícones da música em um dos cartões postais da capital, o Museu de Arte da Pampulha (MAP), que integra o conjunto arquitetônico da Pampulha, patrimônio cultural da humanidade. Patrocinado pela Vivo por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do estado de Minas Gerais, o projeto já recebeu artistas como Ná Ozzetti, Paulo Belinatti, Juarez Moreira, Trio Madeira Brasil, Wagner Tiso, Henrique Cazes, Paulo Freire, André Mehmari, entre muitos outros. A realização do Domingo no Museu no MAP foi responsável por consolidar o local como um espaço de lazer e cultura para os belo-horizontinos.

Vivo incentiva cultura 

A Vivo incentiva projetos que promovem a transformação social e a valorização da cultura brasileira em diferentes regiões do país. Somente em Minas Gerais, foram aplicados 3,9 milhões de reais em 11 projetos incentivados que beneficiaram mais de 600 mil pessoas, em 2016. O apoio da Vivo destina-se principalmente às iniciativas que promovem democratização do acesso à cultura, como o projeto Domingo no Museu, e formação de novos talentos.

 

Serviço

Domingo no Museu apresenta Luana Carvalho

Local: Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílio Negrão de Lima, 16.585)

Data: 6 de agosto, às 11h

 

 

 

 

Ingressos: R$20 (inteira) / R$10 (meia-entrada) mediante apresentação de carteira de estudante e comprovante de boleto de pagamento ou declaração comprobatória de matrícula

Locais de venda: Loja Acústica CD’s (Rua Fernandes Tourinho, 300 – 3281-6720) - a partir de 17/07 e no Museu de Arte da Pampulha no dia do evento a partir das 10h.

Informações: (31) 3222-5271 / 3277-7996