Próximos Eventos

1
4
2
7
6
?1468001446
5
3

Domingo no Museu

Leva para o palco do Museu de Arte da Pampulha grandes nomes da música mineira e brasileira, como Paulo César Pinheiro, Sérgio Santos, Vânia Bastos, Teresa Cristina, Fabiana Cozza, Juarez Moreira, entre outros, mesclando MPB, samba e a musica instrumental. O Projeto acontece sempre no primeiro domingo do mês, às 11h00, no auditório do MAP com ingressos a preços populares.
Patrocínio: TECNOCAL através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Dudu Nicácio lança “Oceano Brilhante” no Museu de Arte da Pampulha, com participações especiais de Giselle Couto e Moacyr Luz 04/06/2017

179

Dudu Nicácio lança “Oceano Brilhante” no Museu de Arte da Pampulha, com participações especiais de Giselle Couto e Moacyr Luz


O projeto Domingo no Museu será embalado pelo samba, bandeira que o compositor carrega há anos para expressar sentimentos, melodias, ideias e desejos que movem seu dia a dia

A Lagoa da Pampulha vai transbordar em oceano com o lançamento do CD Oceano Brilhante, do cantor e compositor Dudu Nicácio. O show será no dia 4 de junho, às 11h, em um dos cartões postais da cidade, o Museu de Arte da Pampulha (MAP). O cantor e compositor será acompanhado por um time bamba no samba, com Thiago Delegado no violão, Robson Batata na percuteria, e participação especial da cantora Giselle Couto e do compositor carioca Moacyr Luz. O show integra o projeto Domingo no Museu, que tem o patrocínio da Vivo.

Se por um lado o trabalho é resultado de uma pesquisa musical sobre o que poderia ter sido chamado “samba mineiro” (a poesia rural e brejeira de Ataulfo Alves; a forma magistral de Ari Barroso; a síncope irresistível de Geraldo Pereira; as melodias supremas de Mauro Duarte; os batuques ancestrais de Clara Nunes e as harmonias desconcertantes de João Bosco), por outro, deixa transparecer a vivência de Dudu Nicácio, permeada por rodas, livros, bares, lutas, família, favelas, aulas, crianças, paixões, ruas, utopias, que se convergem para compor esse Oceano Brilhante.

De acordo com o próprio artista, o CD é feito de versos que revelam o dia a dia de um sujeito comum, que se desdobra em vários para abraçar um mundo que ele faz questão de amar. “Oceano Brilhante são versos feitos por um pai de família em corredores de um supermercado durante a compra do mês. São melodias sopradas pelo vento num eterno ninar de filhos. É a partilha de um artista que se encontra com tantos outros pra inspirar um sonho bom. É a música que chega de presente fora de uma data especial pra alentar a vida”, poetisa o músico.

Apesar do caráter minimalista do CD, Dudu contou com a parceria de vários nomes consagrados da cena musical, como Thiago Delegado, que produziu, arranjou e tocou; Robson Batata, que se desdobrou em vários batuqueiros fazendo ao vivo a cozinha do disco; Moacyr Luz, considerado por Dudu o mais querido dos sambistas; e Giselle Couto, que além da preparação vocal, participou de uma das faixas do trabalho. Oceano Brilhante tem ainda direção de arte de Juan Cabello Ariibas, fotos de Marco Túlio Pinto e desing gráfico de Alexandre Telles.


Serviço

Domingo no Museu apresenta o lançamento de “Oceano Brilhante”, de Dudu Nicácio

Local: Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílio Negrão de Lima, 16.585)

Data: 4 de Junho, às 11h

Ingressos: R$20 (inteira) / R$10 (meia-entrada) mediante apresentação de carteira de estudante e comprovante de boleto de pagamento ou declaração comprobatória de matrícula

Locais de venda: Loja Acústica CD’s (Rua Fernandes Tourinho, 300 – 3281-6720) - a partir de 26/05 e no Museu de Arte da Pampulha no dia do evento a partir das 10h.

Informações: (31) 3222-5271 / 3277-7996


O disco é o quinto da carreira de Dudu Nicácio. Assim como os outros trabalhos foi gravado de maneira independente, com recursos próprios e o apoio de parceiros. A finalização ficou a cargo da adesão de centenas de apoiadores ao financiamento coletivo promovido pelo músico.

A série Domingo no Museu

Tradicional no cenário cultural de Belo Horizonte e do estado, o Projeto Domingo no Museu apresenta ao público ícones da música em um dos cartões postais da capital, o Museu de Arte da Pampulha (MAP), que integra o conjunto arquitetônico da Pampulha, patrimônio cultural da humanidade. Patrocinado pela Vivo por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do estado de Minas Gerais, o projeto já recebeu artistas como Ná Ozzetti, Paulo Belinatti, Juarez Moreira, Trio Madeira Brasil, Wagner Tiso, Henrique Cazes, Paulo Freire, André Mehmari, entre muitos outros. A realização do Domingo no Museu no MAP foi responsável por consolidar o local como um espaço de lazer e cultura para os belo-horizontinos.

Vivo incentiva cultura

A Vivo incentiva projetos que promovem a transformação social e a valorização da cultura brasileira em diferentes regiões do país. Somente em Minas Gerais, foram aplicados 3,9 milhões de reais em 11 projetos incentivados que beneficiaram mais de 600 mil pessoas, em 2016. O apoio da Vivo destina-se principalmente às iniciativas que promovem democratização do acesso à cultura, como o projeto Domingo no Museu, além da formação de novos talentos.